Cursos

Cursos

Carga horária: 7 horas

Quantidade de participantes: mínimo 30 e máximo 40

Apresentar, de forma fácil e prática, como o proprietário deve ser exemplo para todos da empresa e como esta responsabilidade é grande. Neste sentido o curso vai mostrar que o dono de uma empresa do setor automotivo deverá aprender a organizar seu tempo e sua vida pessoal para conseguir organizar e cuidar da empresa. Mais do que isso o curso mostrará que o proprietário deve, além de ver a empresa todos os dias, enxergar o que está na sua frente, mas em decorrência da correria e dos problemas do dia a dia não consegue. A boa gestão do tempo vai proporcionar um aumento na produtividade de todos os setores da empresa e mostrar como isso pode acontecer na prática.

Além disso o curso vai ensinar os proprietários de oficinas a organizar o pátio e aumentar o giro de carros dentro da oficina, sem perder a qualidade dos serviços, como também preparar os empresários para entender quanto tempo cada funcionário tem disponível e quanto ele produz para a empresa.

Principais tópicos a serem abordados no curso:

– Desenvolver a cultura de controles e acompanhamentos ambientais nos participantes

– Demonstrar como aplicar esta cultura no dia a dia das oficinas

– Implantar controles de monitoramento e acompanhamento da qualidade dos serviços

– Implantar controles de monitoramento e acompanhamento da qualidade do atendimento e pós-vendas

– Analisar todos os itens, correspondentes à pré-certificação, e indicar para a oficina o que e como ela precisa para se adequar a uma certificação

Carga horária: 8 horas

Quantidade de participantes: mínimo 30 e máximo 40

O curso tem como objetivo mostrar que todo o processo de qualidade está diretamente ligado à gestão ambiental e à necessidade da oficina atender as demandas e cobranças da legislação ambiental. E que a qualidade é um fator primordial para a sobrevivência da empresa. Qualidade no atendimento, qualidade nos serviços, qualidade na limpeza da empresa, qualidade na forma de comunicação pelas mídias sociais.

Principais tópicos a serem abordados no curso:

Executar, medir, aprender e reduzir gargalos até chegar a versão mais próxima da perfeição.

– Orientar e fixar padrões de qualidade

– O envolvimento do proprietário é decisivo no processo de implantação da qualidade, por isso vamos ensinar o proprietário a envolver-se no processo diário, com qualidade.

– Apresentar, na prática, ações que mudarão a cultura da empresa em relação ao meio ambiente

– Mostrar imagens de oficinas conectadas ao meio ambiente e oficinas não conectadas e indicar o caminho correto

– Implantar o processo de gestão ambiental, com cronograma para cada oficina.

  • O Facilitador deverá ter domínio sobre o assunto, facilidade de relacionar-se com o grupo, boa didática de ensino (favor anexar um mini-currículo do facilitador);

Metodologia: O treinamento deverá ser aplicado de forma prática e dinâmica, envolvendo situações do cotidiano organizacional.

Carga horária: 8 horas

Quantidade de participantes: mínimo 30 e máximo 40

Muitas empresas deste setor fecharam por falta de conhecimento do proprietário da parte fiscal da empresa. Este curso pretende mostrar a importância da gestão fiscal e a necessidade do proprietário conhecer este assunto e acompanhar de perto todas as mudanças fiscais que estão acontecendo e que influenciam diretamente no dia a dia da oficina.

Principais tópicos a serem abordados no curso:

– Apresentar as mudanças que a implantação da NF 4.0 impôs às oficinas

– Comparar a fiscalização de 5 anos atrás e atualmente e como isso alterou o dia a dia das oficinas

– Como acompanhar e analisar os indicadores fiscais de uma oficina

– Porque a falta da gestão fiscal pode fazer uma oficina fechar

– NFe de serviços, NFe de peças, NFC do consumidor, Sintegra, SAT. Como que estas abreviações afetam as empresas do setor automotivo

– A importância dos indicadores de faturamento fiscal e faturamento real em uma oficina

  • O Facilitador deverá ter domínio sobre o assunto, facilidade de relacionar-se com o grupo, boa didática de ensino (favor anexar um mini-currículo do facilitador);

Metodologia: O treinamento deverá ser aplicado de forma prática e dinâmica, envolvendo situações do cotidiano organizacional.

Carga horária: 8 horas

Quantidade de participantes: mínimo 30 e máximo 40

É ela que possibilita o equilíbrio emocional do proprietário da empresa e é ela que move a gestão da qualidade e a gestão de pessoas.
A gestão financeira não nasce no setor financeiro.
Precisamos reavaliar como as informações estão sendo lançadas no sistema que sua empresa utiliza.
Gestão nada mais é do que administração / organização, ou seja, é necessário organizar a forma como as informações que vão gerar o financeiro entram no sistema.
Neste processo estudaremos fluxo de caixa, contas a pagar e contas a receber, controles bancários e controle de caixa, plano de contas e centros de custos, despesas fixas e despesas variáveis.
Tudo voltado para o dia a dia das empresas do setor automotivo.

Principais tópicos a serem abordados no curso:

– Mostrar as participantes que as informações financeiras, não nasce no setor financeiro e que por isso para terem informações confiáveis é necessário trabalhar a origem das informações

– Como transformar o fluxo de caixa numa ferramenta essencial para a oficina

– Identificar os custos fixos e variáveis da oficina e trabalhar uma meta baseado nestas informações para toda a oficina

Carga horária: 8 horas

Quantidade de participantes: mínimo 30 e máximo 40

O curso tem como objetivo fazer com que as empresas participantes deste curso adquiram conhecimento para desenvolver o processo de formação de preço, e com isso, venderem melhor, trabalhando de forma direta a lucratividade da empresa. Além disso o aluno vai aprender a identificar o custo fixo e variável da empresa, sendo que, esta ação vai permitir trabalhar o custo geral e a definição e acompanhamento de metas de venda diária, possibilitando estudar os impactos que o custo geral tem na produção e na vida da empresa.

Principais tópicos a serem abordados no curso:

 – Identificar o custo fixo da empresa

– Identificar o custo variável

– Ensinar o empresário a trabalhar com o indicador de custo geral da empresa

– Ensinar o empresário a fazer contas entre o valor de compra e o valor de venda de peças

– Ensinar o empresário a definir o valor da mão de obra

– Mostrar ao empresário a necessidade de acompanhar permanentemente os indicadores de formação de preço

  • O Facilitador deverá ter domínio sobre o assunto, facilidade de relacionar-se com o grupo, boa didática de ensino (favor anexar um mini-currículo do facilitador);

Metodologia: O treinamento deverá ser aplicado de forma prática e dinâmica, envolvendo  situações do cotidiano organizacional

Carga horária: 8 horas

Quantidade de participantes: mínimo 30 e máximo 40

No dia a dia da empresa do setor automotivo existe uma significativa diferença entre pessoas trabalhando juntas e todas elas, apenas, trabalhando ao mesmo tempo.
Dentro deste contexto o curso possibilita aos participantes iniciar um processo de aprendizado para transformar funcionários em equipe sempre levando em consideração as particularidades das empresas do setor automotivo.

Principais tópicos a serem abordados no curso:

– Como identificar se sua oficina tem equipe ou somente funcionários

– Quais ações devem ser implementadas para iniciar o processo de equipe na oficina

– Mostrar que o proprietário é o exemplo para todos os funcionários e que por isso ele deve ser o primeiro a querer trabalhar em equipe

– Apresentar que no processo de gestão de pessoas precisamos trabalhar o “nós” e não o “eu”

Carga horária: 8 horas

Quantidade de participantes: mínimo 30 e máximo 40

Total imersão na leitura e interpretação dos números da empresa.
O curso pretende ensinar os participantes a aprenderem a gerenciar uma empresa do setor automotivo pelos números e para isso é necessário que os proprietários percam o medo de fazer contas.
Indicadores como custo fixo, custo variável, compras, faturamento, passagem, ticket médio, ponto de equilíbrio, entre outros serão trabalhados.
Através deste estudo vamos mostrar como transformar os indicadores em gestão, ou seja, num plano de ação que possibilite o proprietário a corrigir o caminho que a empresa está seguindo.

Principais tópicos a serem abordados no curso:

– Aprender a identificar os principais indicadores de uma oficina

– Entender estes indicadores e transformá-los em gestão através de um plano de ação

– Apresentar aos participantes que entender os indicadores é uma questão de sobrevivência da oficina nos dias de hoje

Carga horária: 4 horas

Quantidade de participantes: mínimo 30 e máximo 40

As oficinas atualmente estão investindo cada vez menos em estoques grandes. No máximo o estoque de giro. Por isso a compra de peças precisa ser planejada e ter o conhecimento direto do proprietário da oficina. O mercado mostra que, na maioria das oficinas, 60% do faturamento de uma oficina vem da venda de peças e ainda assim este indicador não é tão valorizado quanto deveria ser

Principais tópicos a serem abordados no curso:

– Aprender a conhecer o estoque atual da oficina e a mantê-lo sempre arrumado e com as quantidades do “físico” de acordo com a quantidade informada pelo sistema de gestão da oficina

– Apresentar recursos diferenciados possibilitando uma melhor compra de peças e principalmente uma melhor venda das peças através do orçamento

– Estoque bem controlado significa dinheiro para a oficina. Neste sentido o curso de gestão de estoque propicia aumentar as vendas da oficina, ao mesmo tempo que facilita a produtividade da oficina com um estoque bem organizado.